segunda-feira, 18 de maio de 2009

Encontrei-me com a Lu dia 17 de maio na casa dela umas 3 horas da tarde. Foi desastroso. Percebi que ela estava me evitando e para piorar eu não conseguia deixar o clima mais leve. Não consigo me comunicar com ela porque virei um zumbi nessas últimas semanas. Porque diabos meu cerebro trava na hora de falar com outras pessoas?! Falar "Meu maldito cerebro de anta!" seria insultar a anta! Será que tenho baixa estima e não percebo?! Porque eu fujo do tema das conversas sem perceber?! Porque as pessoas falam 1 e eu entendo 2!? Para piorar ela diz que não acredita mais que eu vá mudar.
Minha namorada irá me repudiar o resto da vida se eu não conseguir provar até o dia 30 de maio de que estou mudando para melhor.
Então vem a pergunta "Mudar o quê?". Mudar o meu comportamento diante da depressão! Segundo ela estou usando minha depressão como desculpa para não trabalhar e se eu continuar conformado com minha situação eu não terei futuro nenhum e não haverá empresa que me aceite no mercado de trabalho pois estarei velho demais e que meu tempo de criança passou faz tempo e que era para eu crescer e ela não quer ver eu afundando-me mais e mais na minha depressão.
Foi uma loucura! Disse que se ela não acredita mais em mim era melhor seguirmos caminhos distintos! Nessa altura já era meia noite e ela ameaçou ligar para o celular do meu irmão se eu não liga-se na frente dela porque disse que talvez eu fosse a pé.
Disse "Que Droga! Porque vc não acredita em mim?!" e por isso ela me deu esse prazo.
Ainda me sinto péssimo e para piorar liguei para ela no dia seguinte! Porque eu fico colada nela?! Porque sou tão dependente?!